Grupo rural de Castro recebe oficina sobre fundo rotativo solidário

27/10/2015 17:52

O objetivo da formação de um fundo é fortalecer a cooperação e a solidariedade dentro do grupo

Isabela Almeida

            Na última segunda-feira (26), a Associação das Colônias Santa Clara, Iapó e Vizinhanças recebeu a formação sobre fundo rotativo solidário. O grupo é um dos incubados pela IESol, em Ponta Grossa e região, através do ‘Projeto de Fortalecimento da Economia Solidária nos Campos Gerais’.

            Em parceria com o Consulado da Mulher, a equipe da incubação da IESol contou com a ajuda de, Paulo Dalfovo, Coordenador de Programas Sociais do Consulado da Mulher, direcionou a discussão sobre o tema.

            Para Dalfovo a formação de um fundo rotativo solidário em um empreendimento de economia solidária não ajuda aos associados apenas financeiramente. “Com o fundo se fortalece o coletivo através da confiança econômica”, explica.

            Os objetivos dos empréstimos através de um fundo rotativo solidário são vários, como a compra de equipamentos à vista, e assim fugir dos juros comerciais, e a compra coletiva de materiais para ganhar descontos. Porém para a Economia Solidária, um fundo rotativo tem como principal função o fortalecimento da cooperação e da solidariedade dentro do grupo através das decisões coletivas para a análise de crédito. 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!